segunda-feira, 1 de agosto de 2022

A estrada até aqui e o não vi já amei? Análise cronológica do que saiu... e vai sair nas próximas fases da Marvel Studios

(A Saga do Multiverso ditará o MCU até o final de 2025)


A última San Diego Comic Con deixou os Marvetes e fãs de filmes de heróis em polvorosa, pois apesar de uma fase quatro com flop atrás de flop, além de uma mistureba de longas com séries... sem contar (já contando) algumas ideologias e forçações em algumas dessas produções... a Marvel Studios tem (ou tinha) créditos para tentar experiências. Só que a fase de testes pode ter acabado... Kevin Feige não perdeu tempo e tratou de encerrar já para Pantera Negra 2 esse morno e quarto período da produtora que ficou abaixo do esperado, e anunciou as fases cinco e seis tendo o Kang, O Conquistador como o principal vilão e mergulhando de vez no multiverso para trazer consequências que vai levar até o sexto longa dos Vingadores chamado Guerras Secretas, mas até lá... algumas novidades vão acontecer, como a série do Demolidor de Charlie Cox... esse que mantém o mesmo papel das séries Marvel na Netflix, além disso, Quarteto Fantástico e o quinto Vingadores (A Dinastia Kang) acontecerão nesse tempo, lembrando que a fase seis só foram apresentados três de prováveis doze títulos até o momento. Agora, vendo as coisas que foram lançadas até hoje sem muita liga... ao contrário do que vimos de 2009 até 2019 na Saga do Infinito, e contando com o que está por vim... o MCU vai retornar aos trilhos do sucesso público/crítica, ou a saturação do gênero somados com o “extra campo” deixaram as coisas ainda sem sal e vem mais flop aí? Vamos a uma análise rápida do que saiu, e as expectativas dos títulos sequentes até o não tão longe assim... novembro de 2026.


Jan/21 – Wandavision: Considerada a melhor série MCU e abriu a fase quatro, realmente apesar do inicio lento, a série se provou no final, trouxe a Feiticeira Escarlate que todos queriam e você sentia que era uma continuação de Ultimato e que as coisas iriam seguir como antes, mas não foi bem assim como vimos meses depois...

Mar/21 – Falcão e o Soldado Invernal: Na mesma pegada de um dos maiores sucessos das outras fases (Capitão América 2) onde nada mais foi do que uma passagem de bastão, mas com elementos interessantes como um melhor Zemo do que foi mostrado em Guerra Civil, além de Wakanda na história e um novo Capitão América enlouquecido. O final foi o esperado, mas com alguns elementos mal resolvidos, como os vilões, mesmo assim, foi aprovada e seguia tudo bem na casa do Kevin Feige.

Jun/21 – Loki: Briga com Wandavision pelo posto de melhor série, abriu o multiverso de vez, além de apresentar um Kang diferente do esperado, só que com potencial de ser a grande ameaça Marvel.

Jul/21 – Viúva Negra: O primeiro filme pós Saga do Infinito, aqui começou a desandar, uma história fora de tempo... enfiada entre Guerra Civil e Infinita, apenas como uma homenagem a Scarlett Johansson e passagem de bastão para Florence Pugh ser a nova Viúva Negra do MCU, filme fraco.

Set/21 – Shang-Chi: A Lenda dos Dez Anéis: Abriu um leque de opções interessantes com artes marciais e magia, além de um visual e ação bem feitas, mas novamente peca no vilão Mandarim, mesmo assim, entregou uma história agradável, apesar de não ser memorável... e deixou pontas abertas para sabe se lá o que no futuro do MCU.

Nov/21 – Eternos: Uma decepção, um dos piores filmes da Marvel Studios, onde inventou demais, lacrou demais, mudou demais e desenvolveu a história de menos, deixando um gosto de decepção e mandando a fase quatro para ladeira abaixo.

Nov/21 – Gavião Arqueiro: Pensa em uma série fraca, sem graça e com uma pegada de humor bobo, servindo novamente como passagem de bastão... agora do Gavião para Kate Bishop. Fora isso, vimos o retorno do Rei do Crime de Vicent D´Onofrio, e dessa produção saiu a personagem Echo, ela que terá sua própria série na fase cinco.


Dez/21 – Homem Aranha: Sem Volta Para Casa: Não inventou, não forçou e entregou o que os fãs queriam, claro que tinha uma carta na manga que nunca terá novamente... a novidade de reunir três gerações do herói no retorno de Tobey Maguire e Andrew Garfield juntos com Tom Holland... e ainda soma-se a volta de Charlie Cox como Matt Murdock, além de outros momentos que fizeram os olhos dos fãs brilharem, onde até mesmo o Venom da Sony apareceu na cena pós-créditos, além disso, de lá surgiu o trailer do Multiverso da Loucura que prometia explodir as cabeças, mas...

Mar/22 – Cavaleiro da Lua: Série boazinha, sem grandes consequências, fechada no mundinho de mitologias deles, ainda não se sabe aonde o personagem vai se encaixar em uma guerra multiversal, devendo ficar na parte urbana, talvez Thunderbolts, mas foi decente... apesar de temática, por isso, não despertou interesse de muita gente e não fez o sucesso esperado... na verdade nem a Marvel devia esperar algo melhor do herói.

Mai/22 – Doutor Estranho no Multiverso da Loucura: Pensa em algo que todos esperávamos muito, onde prometia aparecer todos os personagens do estúdio, abrir leques e colocar as coisas nos trilhos, mas aí... falhou feio, falhou rude... o filme é praticamente da Feiticeira Escarlate e America Chavez, com a diminuição do personagem principal, além de fan-service fora de tom, e tudo muito sem graça e decepcionante. Era esperada uma bilheteria perto do último Homem-Aranha (Quase 2 bi de dólares), mas nem chegou ao normal 1 bilhão para um filme MCU desse porte.

Jun/22 – MS. Marvel: Todos assistiram uma série fraca, apesar da atriz protagonista ser carismática... apenas para conferir a cena pós-créditos que liga a Capitã Marvel 2, foi muito pouco para uma história esquecível... e ainda tentaram estremecer as coisas dizendo que a protagonista é mutante lá no final do último capítulo, mas o próprio roteiro diminuiu o impacto, e para falar a verdade não deu o barulho que esperava-se, tiro no pé.

Jul/22 – Thor Amor e Trovão: História fraca, desenvolvimento falho e sem liga nenhuma... a pior coisa que lançaram pós Thanos, aliás, conseguiu ser o pior dos quatro filmes do Thor, totalmente fora de sintonia com um mínimo de qualidade narrativo, por isso flopou. Pelo menos não houve outra passagem de bastão e o personagem continua ativo no MCU.

O que esperar: Ago/22 – Mulher-Hulk: Outra passagem de bastão, um Hulk mais bobão e inútil do que nunca, além de humor que só na hora para saber se vai funcionar ou não, mas para compensar, incluíram o Abominável, Wong e até o Demolidor. 


Nov/22 – Pantera Negra Wakanda Para Sempre: Promete ser muito emotivo devido ao que aconteceu com o Chadwick Boseman (O ator faleceu no final de 2020), além de um teaser com cenas que parecem épicas, infelizmente a troca do Namor mutante de Atlantis para mexicano asteca, e com roteiro vazado que podem ser reais ou não... onde aponta mudanças de sexualidades e narrativa genérica, deixam todos com medo de ser um Lacracion Forever, espero que não, e feche pelo menos dignamente essa fraca fase quatro.

Fev/23 – Homem-Formiga e a Vespa Quantumania: O ponta pé verdadeiro para a Saga do Multiverso, estou curioso de como será apresentado o Kang vilão, e ainda teremos o Mordock, fora a filha do Scott Lang com poderes iguais aos dele e da Vespa, outra passagem de bastão? Será que a Marvel acredita que seus jovens e descolados Vingadores vão suprir os antigos? Sabe de nada inocente.

Primeiro Semestre/23 - Invasão Secreta: A saga dos Skrull, com Nick Fury de protagonista, não tem muito haver com multiverso, seria ideal para uma nova saga, mas vamos ver aonde as coisas vão se encaixar ou se ficarão fechadas nessa história. Invasão Secreta é muito complexa nos quadrinhos para enfiar no meio da guerra contra o Kang.

Primeiro Semestre/23 – Echo: Série derivada do Gavião Arqueiro que ninguém pediu (Nenhuma das duas), vai mostrar como a personagem se desenvolverá no caminho que ela irá seguir (Thunderbolts, talvez), além disso, Rei do Crime e Demolidor são esperados nessa história, aliás, precisam estar, Echo não segura audiência nem nos maiores delírios do Kevin Feige.

Mai/23 – Guardiões da Galáxia Vol. 3: Prometido por James Gunn que será o último filme da equipe no MCU, até o trailer vazado mostra um tom triste de despedida, para falar a verdade, faz sentido... eles fazem parte de algo cósmico, e essa saga já aconteceu com o Thanos, uma pena é o Adam Warlock só surgir agora... e o Alto Evolucionário também, mas vamos ver se terão sequências e adaptações para a saga do Multiverso.

Primeiro Semestre/23 – Loki 2: A segunda temporada parece ser a continuação direta da primeira, pois não vejo em nenhuma das produções entre as duas seasons que interfiram tanto, pois Kevin Feige disse que serão várias versões do Kang na saga, então Loki deve ter o seu para enfrentar, e talvez a partir disso, consequências para Dinastia Kang, a não ser que tenha uma terceira temporada lá na fase seis.

Jul/23 – Marvels: Filme que foi adiado, trocado de lugar com Quantumania, está passando por regravações e trará a Kamala Khan e a Mônica Rambeau (Wandavision) para atuar ao lado da Capitã Marvel, mas nada se sabe sobre a trama, aliás, a Marvel tem uma missão difícil, fazer o público perder a antipatia pela heroína interpretada pela Brie Larson, pois o carisma ali passou longe.

Segundo semestre/23 – Coração de Ferro: Derivado de Wakanda Para Sempre, mais uma passagem de bastão que seria ela como a nova Iron Man? Não parece uma boa ideia, aliás, outra série que ninguém pediu.

Nov/23 – Blade: Enfim vai sair o filme dele, não tenho muito que esperar, aliás, o personagem tem um núcleo sombrio e pesado, mas voltado aos personagens urbanos, à primeira vista... não se encaixa em batalha de multiverso ou Thunderbolts, vamos ver como Mahershala Ali, vencedor de Oscar, vai se sair no lugar do Wesley Snipes que se imortalizou no papel no começo dos anos 2000 onde não se pensava em MCU ou universo compartilhado.

Segundo semestre/23 – Agatha Coven of Chaos: A personagem é interessante, gostei do que vi dela em Wandavision, mas o que ela poderá acrescentar nesse mundo compartilhado e entrando em qual núcleo, não vejo com clareza, talvez responsável pela ressurreição da Wanda, não se sabe, porque Agatha não se encaixa em Multiverso, Espaço ou Heróis Urbanos, talvez a responsável em trazer um vilão que todos estão loucos para ver, Mephisto.

Primeiro semestre/24 – Demolidor Born Again: A grande surpresa da fase quatro, a volta de Charlie Cox e Vicent D´Onofrio agora dentro do MCU mesmo... levou a galera do painel Marvel na San Diego Comic Com a loucura, só que surpresa mesmo é a série ter dezoito episódios, sendo que praticamente todas as outras são apenas seis, e por ser a única série do primeiro semestre de 2024, espera-se que seja a responsável por consolidar os heróis urbanos nos Thunderbolts, para que sejam usados quando necessário e não estiverem mexendo com multiverso, mesmo assim, são muitos capítulos.

Mai/24 – Capitão América Nova Ordem Mundial: Será que o Anthony Mackie será capaz de segurar a bucha de ser o protagonista no lugar do Chris Evans? Parece ser um filme bem politico, aliás, acontecerá perto das eleições presidenciais nos EUA, aparentemente deve trabalhar mais para o lado dos heróis urbanos, e outra, personagens como Zemo, Soldado Invernal e outros precisaram estar presentes para dar suporte e tirar o peso do Mackie ter que ser a única estrela, a não ser que tenhamos alguma reviravolta e retorno bombástico. Dali deve sair as consequências finais do filme que fechará a fase cinco, Thunderbolts.

Jul/24 – Thunderbolts: Os heróis urbanos... é aonde a Marvel quer chegar para ter o que oferecer além da luta do Multiverso, então muitos derivados devem aparecer aí... juntos com algum novo personagem e preparar os heróis mais pés nos chãos para se juntar aos poderosos e fazer número na Dinastia Kang e principalmente... Guerras Secretas, mesmo assim... creio que será algo grande, pois não ia fechar a fase cinco com uma nova equipe sem estar com um plano grandioso ou importante para o grupo. Depois disso, a fase seis deve ir full no cósmico multiversal, pois já preparou a parte humana dos heróis, agora seria a hora dos pesos pesados. 


Nov/24 – Quarteto Fantástico: Mais um filme e tentativa de algo decente com a equipe, só que tem uma diferença, eles vão entrar com as coisas pegando fogo, Kang já ativo, multiverso aberto, então tira o peso de ser o inicio de algo, pois já está em andamento. Além da expectativa de quem serão os quatro heróis, muito se espera de um Doutor Destino decente e imponente que pode dividir vilania com Kang, aliás, nas Guerras Secretas dos quadrinhos... o vilão do Quarteto é a principal ameaça, além dele ter ligações com Kang.

Mai/25 – Vingadores A Dinastia Kang: O quinto filme dos maiores heróis da Terra é uma incógnita, mas não no enredo, pois é claro que Kang conseguiu alcançar seu objetivo de dominação temporal, resta saber qual equipe de Vingadores vão enfrentar essa ameaça... no caso o retorno do Thor, Hulk, Homem-Formiga, Homem-Aranha, Doutor Estranho e outros do time A, ou os derivados como Mulher-Hulk, Kate Bishop, a filha do Scott Lang, Ms. Marvel, entre outros... Fora que são prováveis as chances de termos Quarteto, Thunderbolts e alguns remanescentes dos Guardiões da Galáxia na história.


Nov/25 – Vingadores Guerras Secretas: Nos quadrinhos a história é nível batalha pelas joias do infinito, então menos que épico não se espera, e que provavelmente o Doutor Destino deva ser o grande vilão, ele deve assumir isso no final da Dinastia Kang, provavelmente aproveitando-se da derrota Kang contra os Vingadores ou até uma traição ali no final, resta saber se vão envolver Beyonde (Crucial para a saga nos quadrinhos) e outras coisas nesse meio tempo.

Lembrando que faltam aí todas as séries e mais uns três filmes da fase seis, algumas especulações, provavelmente Shang-Chi 2 esteja no meio, além de dois outros títulos, pode ser um com o nome de Mutantes, só para introduzir de vez esse núcleo, e um outro pode ser o filme da Feiticeira Escarlate, um segundo neh, porque o Multiverso da Loucura é dela, e até Homem-Aranha 4 do Tom Holland ou Doutor Estranho 3 (Seria o dois neh, porque o segundo nem parece dele). Sobre as séries, pode ser qualquer uma, a Marvel está tirando cada personagem do bolso, mas deve ser algo voltado mais para multiverso, uma série do Doutor Destino seria o ideal, incluiria aí algo mais encorpado para as Guerras Secretas, e até uma terceira temporada de Loki. Antes que perguntem de What If...? A animação foi tirada do cânone no painel atualizado, e vamos e convenhamos... enfiar animações no meio já é avacalhar demais as coisas.


E para o próximo arco nas fases sete até nove, com certeza deve ser a Saga Mutante, com X-Men, Wolverine, Deadpool, Magneto, sagas como Massacre Mutante, Era do Apocalipse e outras coisas podem surgir, dando um descanso para os personagens atuais, envolvendo apenas os urbanos, Homem-Aranha e mais do Quarteto, quem sabe o projeto que a antiga Fox anunciou e depois fracassou devido ao flop do Quarteto Fantástico em 2015 aconteça... na época já estava anunciado X-Men e Quarteto Fantástico juntos, projeto caiu meses depois. Antes dos mutantes... vamos ver como termina a fase quatro e como vai ser a Saga do Multiverso.

Imagens para divulgação fornecidas por assessorias ou retiradas da internet 
  ____________________________________________________________________
 Dúvidas, sugestões, parcerias e indicações: contato.parsageeks@gmail.com

Comentários via Facebook

0 Comments:

Postar um comentário

G13 Advertising

Publicidade

ParsaGeeks

© ParsaGeeks - Desbravando Filmes e Séries – Nossos Brindes de Cinema (NBC) Grupo ParsaGeeks