sexta-feira, 10 de junho de 2022

Crítica Cinema | Jurassic World: Domínio

(Não sabendo lidar com erros anteriores)


Neste capítulo final da trilogia Jurassic World... após os acontecimentos de O Reino Ameaçado (2018), os dinossauros andam livremente entre as pessoas, e com isso, problemas começam a surgir, pois existem pessoas ambiciosas que vão usar esse novo mundo para trazer o caos em prol de seus próprios interesses. No meio disso, Owen (Chris Pratt) e Claire (Bryce Dallas Howard) precisam resgatar a Maisie (Isabella Sermon) das mãos de uma poderosa empresa que precisa do DNA da garota. Em outro ponto da história, Ellie (Laura Dern) pede ajuda ao Alan Grant (Sam Neil) para investigar os problemas que estão acontecendo envolvendo essa mesma empresa, para isso, eles vão se encontrar com Ian Malcolm (Jeff Goldblum) para ajudá-los contra essa corporação. A antiga geração da franquia, assim como a nova irão cruzar seus caminhos para um objetivo só, corrigir o curso das coisas para que a convivência entre dinos e humanos aconteça de forma harmoniosa. Elenco ainda conta com DeWanda Wise, BD Wong, Osmar Sy, Campbell Scott, Justice Smith, Mamoudou Athie, entre outros. Direção de Colin Trevorrow. Produção e distribuição da Universal Pictures. Estreia oficial nos cinemas brasileiros em 02 de junho de 2022. Para o trailer, clique aqui.

Jurassic World: Domínio (Jurassic World Dominion)


Os acontecimentos de O Reino Ameaçado deixaram um problemão nas mãos do Colin Trevorrow que voltou a dirigir a franquia, já que ele foi responsável pelo primeiro longa de 2015... Isso acaba caindo no mesmo problema da nova trilogia Star Wars com J. J. Abrams, você abre o caminho com seu jeito, no segundo filme tem um novo diretor que muda muitas coisas, então você retorna para fechar a trilogia e acaba tendo que contornar os problemas da história anterior e encerrar pelo menos dignamente essa jornada. No filme de 2018 foi aberto o caminho para os dinossauros entre os humanos de um jeito que ficou difícil contornar, fora que todo o arco da menina foi bem aquém, pois saiu da rota que seria uma ameaça dino e tudo para sobreviver, ficando uma conspiração e reviravoltas que confundiu e desagradou muita gente. Aqui não é diferente... de novo eles insistiram nessa criança, inflacionaram de personagens que acabou apagando o impacto do encontro dos antigos protagonistas com os novos, daria para trabalhar com apenas os cincos (Pratt, Bryce, Dern, Sam e Goldblum), mas ao invés disso, lotou de gente, foram vários personagens sendo jogados, como do Omar Sy e Justice Smith, além de outros que nem tiveram uma finalização, isso sem falar na quantidade absurda de espécies jurássicas, toda hora aparece um que você nem lembra mais segundos depois, até o Blue que é a velociraptor que aprendemos a gostar... aparece pouco, sendo o resgate da sua filhote o destaque sem grande desenvolvimento, tudo isso para inserir um monte de bichos só para um perigo imediato, mas sem nenhum impacto, pois não temos aquela tensão, onde até a violência das mordidas ficaram menores, faltou novamente aquela atmosfera que Jurassic Park e o primeiro World conseguiram fazer, já que esse atual continuou batendo no mesmo erro de O Reino Ameaçado.


Parece que todos ficaram inúteis, inclusive o Owen de Chris Pratt, deixando tudo a cargo da Kayla, ela surgiu do nada e parece ter todas as soluções para escapar e encarar os dinossauros. Um inchaço que acabou não aproveitando o trio original da franquia e faltou um maior apego, chegando a ser cansativo, pois ao longo da trama você já percebe que não vai para muitos lugares do que entregar o óbvio. Até o grande vilão humano dessa bagunça toda é mal desenvolvido, nem se compara com os dos filmes anteriores, toda a trama principal em si é bem rasa. Entendo que eles quiseram trabalhar essa coisa dos dinossauros vivendo entre nós, mas não ficou legal, tinha que ser algo mais concentrado e isolado... o roteiro ainda tenta dá uma consertada no fim, pelo menos isso, mas as coisas já estavam bagunçadas. Para não ficar só apontando o dedo... tem algumas cenas legais, a parte em Malta é boa onde tem um plano sequência de caça dos dinos aos protagonistas muito boa, a troca de falas entre o trio clássico trazem boas lembranças da franquia original, além de algumas cenas do ato final, como uma chuva de fogo com insetos modificados e a batalha entre os tops dinossauros. Os efeitos são bons, mas tem cenas muito escuras que acabam meio maquiando as coisas, aliás, o cg da Blue, mostrando ela correndo ficou bem artificial, não foi computadorizado de forma correta, ficou devendo uma melhor qualidade. A trilha funciona, mas como deixou tudo muito espalhado, faltou impacto ao entrar na música clássica, já os efeitos sonoros são muito bons. Sobre o elenco... Chris Pratt ficou apagado com tantos personagens. Bryce Dallas Howard outra meio apagada e faltou química de ser a mãe da personagem Maisie (Isabella Sermon), essa que novamente atrapalha a narrativa, forçado demais seus arcos. Laura Dern foi legal ver ela de volta, assim como Sam Neil, e Jeff Goldblum que voltou de forma mais ativa, e dentro do que podiam fazer... fizeram. DeWanda Wise surgiu do nada nesse terceiro longa e parece ser a única pessoa que sabe fazer tudo, muito exagerado, fora que não tem um desenvolvimento narrativo, só as resoluções para tudo, inclusive uma piadinha com sua personagem na série da DC, Titãs (Estelar),totalmente fora de hora e sem encaixe para o filme. Os outros atores foram fracos, até o BD Wong que esteve em todos os filmes, parece com sono em suas cenas. Jurassic World: Domínio termina sua trilogia de forma morna, herdou a bagunça do longa anterior e não corrigiu, aliás piorou ao inflacionar o elenco e desenvolver pouco, fora insistir na jornada da garota. Faltou o brilho do longa de 2015, ficando apenas algumas boas sequências, nostalgia e pelo menos alguma correção de curso no fim, só que esperava bem mais.

Imagens fornecidas pelas assessorias ou retiradas da internet para divulgação/Biografias usadas são da IMDB.
  ____________________________________________________________________
 Dúvidas, sugestões, parcerias e indicações: contato.parsageeks@gmail.com


Comentários via Facebook

0 Comments:

Postar um comentário

G13 Advertising

Publicidade

ParsaGeeks

© ParsaGeeks - Desbravando Filmes e Séries – Nossos Brindes de Cinema (NBC) Grupo ParsaGeeks