Destaques

Newsletter

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Resenha Séries: Pose

Pose


Pose é uma série criada por  Ryan Murphy (criador de Glee, Scream Queens e American Crime Story, entre outras séries) que chegou no Brasil exclusivamente no Fox Premium desde o dia 28 de setembro, toda sexta feira tem episódio novo, mas quem tem o App Fox já assiste a temporada completa (Com 8 episódios). Aqui temos uma história do final dos anos 80 que envolve o mundo LGBTQ, um drama musical com cores vivas, ambientação de Nova York, luxo e preconceito. A série vem com legenda inclusiva, nada de gênero na palavra (todas ou todos e sim todxs). Com maior elenco transgênero da história (Além de nomes conhecidas como Evan Peters (Mercúrio dos X-Men da Fox) e Kate Mara (Mulher Invisível do recente Quarteto Fantástico). Aqui temos a jornada de Blanka (MJ Rodrigues) que está diagnosticadx com uma terrível doença, mas que antes do seu fim, elx vai abrigar jovens que por opção pessoal sofrem os piores preconceitos, como Angel (Indya Moore) e Damon (Ryan Jamaal Swain) por exemplo. Tudo isso dentro de conscientização, musica, dança e drama familiar.


A série tem uma grande importância que é tão atual quanto da época que ela se passa. Procurar seu espaço na sociedade, homossexualidade, preconceito e a forma como são tratadas as pessoas apenas por sua opção de vida, tudo isso é retratado como base em Pose. Claro que tem mais coisas aí com o auge da AIDS no final dos anos 80, além da violência, falta de informação e aceitação que eram mais ferrenhas nesses anos, isso tudo engloba o roteiro, mas nada complexo, tudo flui de forma tranquila. Entrando na trama em si... são episódios visualmente bonitos, as cores, figurinos, trilha sonora e a forma como são apresentadas todo aquele mundo do qual temos Blanka e sua família acolhida é boa, além disso, elx tem uma rivalidade com outrx personagem, essa parte de duelo de casas se encaixa bem dentro de tudo que envolve a série. Com o passar dos episódios as coisas vão ficando mais tensa, até porque a doença dx protagonistx avança e também como os dilemas que estão em cada personagem. Núcleos são bons, exceção ao de Evan Peters que não encaixa bem, além de uns episódios mais enrolados. Pose é uma série bem escrita, atuada e dirigida, com uma importância social e de conscientização boa, que ao mesmo tempo passa sua mensagem do mundo LGBTQ de uma forma natural e bem estruturada como narrativa em si. Boa série que já esta confirmada uma segunda temporada.


  ____________________________________________________________________

   ____________________________________________________________________
 dúvidas, sugestões e indicações: blogparsageeks@gmail.com

Comentários via Facebook

0 Comments:

Postar um comentário

Publicidade

ParsaGeeks

Instagram

© ParsaGeeks - Desbravando Filmes e Séries – Nossos Brindes de Cinema (NBC) Grupo ParsaGeeks