Destaques

Newsletter

domingo, 16 de agosto de 2020

Na Asia, Mulan sairá nos cinemas. No Brasil, retomada das redes foram esquecidas

(Enquanto pelo mundo estão pelo menos tentando, no Brasil o retorno é incerto)

Contraste Ásia para o Brasil

Depois de mais de 5 meses sem ir ao centro de SP, passei em frente ao Marabá, triste ver um dos cinemas mais antigos da cidade fechado, ainda mais com a frente judiada. Meu celular ajudou nas fotos dessa matéria, porque está mais sujo do que parece. Desde o dia 23 de março as redes brasileiras estão fechadas. As expectativas eram do retorno gradual (30% de ocupação e outras medidas de segurança) para final de julho passado, isso não ocorreu e até agora não tem previsão. Uma coisa é certa, a cultura nunca foi tão esquecida em nosso país (Aliás, já  estava bem de lado antes da pandemia). O Marabá, localizado na República, é um dos vários que vem sofrendo:

Quando teremos os cinemas de novo?

Tirando o Sonic, todos outros filmes do painel externo do Marabá, foram adiados ou anunciados para VOD. Apesar de ter uma grande franquia "cuidando" (Playarte), o Marabá também é patrimônio dos cinemas em São Paulo, junto com o Belas Artes, Olido, e outros. Primeira vez que fui lá... foi no longínquo 1993 assistir o primeiro Jurassic Park, uma época que o tradicional Mappin nem pensava em falência (Era ali perto, depois virou uma Casas Bahia). Hoje, esse assunto parece escanteado pelos governantes, mesmo com tudo retornando (São Paulo e Rio de Janeiro, por exemplo) como bares, salões, shopping... considerados atividades econômicas. Já os cinemas, teatro e exposições foran colocados no mesmo balaio de grandes shows, casas noturnas, estádio de futebol e outros eventos de uma aglomeração gigantesca, quando sabemos que não é bem assim... 30% de uma sala de cinema gira em torno de 40 à 60 lugares, ao contrário dessa porcentagem em um estádio  (12 à 20 mil pessoas), show Lollapalooza (60 mil para frente), casa noturna badalada  (100 para frente, fora pista de dança, bar e pessoas juntas das outras socializando), entre outros exemplos que não se compara a quarenta pessoas em uma sala espalhada, quietas vendo um filme e de máscara (Precisamos acreditar que as pessoas vão seguir as regras, não dá para jogar tudo a culpa em terceiros), sobre o ar-condicionado, nos países que abriram, eles deram um jeito, só o Brasil seguir igual.

Muro abandonado do Marabá com os próximos "lançamentos"

No mundo, os cinemas estão cada vez mais ativos, inclusive em países como EUA e México que ainda estão com índices altos de contaminação, mas na pressão em prol de empregos, algumas exceções foram feitas, sempre relembrando... com rigorosos protocolos de segurança e indo quem quer também, não precisa textão xingando... só não ir. Sabemos que no Brasil as coisas ainda estão complicadas, mas algo precisa ser feito, pelo menos tentado... para ajudar a cultura no Brasil.

Vídeo do canal Parsageeks sobre a volta dos cinemas

Falando de pessoas indo ou não, na Ásia está pegando pesado com promocionais e brindes, China por exemplo, em menos de um mês de retorno sem paradas, já anunciou que início de setembro irá aumentar a capacidade de 30, para 50% de ocupação. Muito devido a estreia de Tenet e Mulan. Sobre Mulan, foi confirmado para estrear nos cinemas dos países da Ásia no início de setembro, ao contrário dos EUA que sairá on-demand no Disney Plus.

Cinemas asiáticos anunciam Mulan para 04 de setembro, nada de VOD por lá 

Por aqui, até começo de julho, pesquisas mostravam que 80% das pessoas não voltariam aos cinemas a curto prazo, hoje está meio a meio, com tendência a aumentar conforme a demora. Pois os Drive-in já estão perdendo a força, devido a eletização dos serviços e muitos "oportunistas" fora do meio também oferecendo esse serviço, só ter um estacionamento e tome ingresso caro e filmes antigos (Nada contra, mas não podem ser argumento de opção as redes de cinemas fechadas, poucas estão fazendo isso). Sempre lembrando que cinema é cultura, socialização e inclusão à todas as pessoas, seja das promoções de segunda-feira ou poltrona VIP do Cinépolis JK. 

Cinemas do Brasil estão assim já tem cinco meses

Marabá, um dos cinemas mais antigos do Brasil

Está muito nebuloso o retorno dos cinemas e atividades culturais em geral (Exemplo foi o fechamento e demissões da Cinemateca de SP), parece que foram esquecidos. Expectativas para setembro, mas lembrando que nesses tempos loucos, tudo muda a qualquer minuto. Continuar assim, perderemos os lançamentos de Tenet, Mulan, Novos Mutantes e até Mulher-Maravilha 1984 (Casa não haja novos adiamentos) em terras brasileiras. Os cinemas abrindo logo, você iria?


  ____________________________________________________________________
 Dúvidas, sugestões, parcerias e indicações: contato.parsageeks@gmail.com

Comentários via Facebook

0 Comments:

Postar um comentário

Publicidade

ParsaGeeks

Instagram

© ParsaGeeks - Desbravando Filmes e Séries – Nossos Brindes de Cinema (NBC) Grupo ParsaGeeks