Destaques

Newsletter

terça-feira, 7 de abril de 2020

Análise de La Casa de Papel - Quarta Temporada

(Temporada sem grandes avanços)


No último dia 03 de abril chegou ao Netflix a esperada quarta temporada ou parte quatro como preferir de 'La Casa de Papel'. Série espanhola que se tornou um dos maiores sucessos dos últimos anos iniciou sua nova season exatamente de onde parou da temporada anterior. O plano de assaltar o Banco da Espanha segue em maus lençóis, já que o Professor (Alvaro Morte) chora a suposta morte da Lisboa (Itziar Ituño) e a equipe desesperada dentro do banco com o grave ferimento que a Nairobi (Alba Flores) sofreu devido ao plano impiedoso da agente Sierra (Najwa Nimri). Essa nova fase, que na verdade é a parte dois desse novo arco de assalto, entregou poucos acréscimos ao andamento da trama, mas em compensação trouxe uma ação interna e cenas tensas mais interessantes, muito devido a um personagem que vai causar muitas dores de cabeça aos comandados do Professor. Abaixo os principais pontos dessa nova temporada:

La Casa de Papel 4


Os oito novos episódios acabam difundidos com os fatos anteriores e não se resolvendo muito para uma conclusão, em muitos momentos roda em círculos e não trouxeram nada que você pense que vai chegar a um ápice conclusivo e interessante. Por lançar tudo de uma vez, a Netflix nos proporciona essas maratonas e depois fica um hiato de meses e até ano para uma continuação, o que fica grave nesse caso, já que à medida que os episódios vão acontecendo e as subtramas novelescas já conhecida da série vão ocupando espaço do plot principal, você já sabe que as coisas não vão se concluir, aliás nem perto disso... e como a série foi confirmada em mais duas temporadas, não duvido que só ao final da sexta que veremos a conclusão desse roubo ao Banco da Espanha. Os flashbacks para aproveitar o personagem Berlim (Pedro Alonso) e tentarmos entender o porque desse assalto que parece mais improvável a cada problema que surge para a equipe... ocupa um bom espaço dos capítulos e sendo muito visível que ainda tem coisa para sair desse passado e que vai atrapalhar os planos do Professor no presente. Falando dele, sua jornada aqui parece meio burral, fugindo da essência do personagem que só entra nos trilhos mais para o final dessa temporada, muito devido a uma virada de acontecimentos com duas personagens e suas decisões sobre isso... ficando tudo aberto devido a personagem Sierra, nunca uma grávida foi tão impiedosa na TV... o roteiro tenta humanizar ela durante um tempo, mas depois larga de mão e a deixa mais insana, isso é bom para que os poucos avanços continue, apesar que um outro personagem "vilão" causará mais estragos a equipe.


Se simplificar todos os episódios, o conteúdo interessante fica pela metade. Algumas barrigas como o arco do Arturo (Enrique Arce) e o romance estremecido entre Denver (Jaime Lorente) e Estocolmo (Esther Acebo) não acrescentam muitas coisas. Alguns personagens ganharam um destaque maior e uma alternância de personalidade como o Palermo (Rodrigo De la Serna), Rio (Miguel Hérran) e Helsinki (Darko Peric)... Isso acrescenta no desenvolvimento individual deles e que afetam o andamento do plano, principalmente o Palermo. Claro que não tem como deixar de lado as protagonistas femininas junto da Lisboa... A Tóquio (Úrsula Corberó) ficou totalmente apagada nessa parte, não é responsável por muitas coisas do que afrontar o Professor e o Palermo, só que também não atrapalha o assalto, o que já é muito para ela... nas temporadas anteriores o seu modo intempestivo causou muitos problemas. Já a grande dúvida sobre Nairobi que foi entregue nos trailers e nas divulgações... a jornada dela aqui ficou muito aquém do que a personagem ofereceu até então de alguém bem forte e impactante para o grupo, sua narrativa atual ficou meio avulsa e desperdiçada, roda em círculos, inventam uma novelinha para ela bem nada haver e retorna ao mesmo lugar sem o merecimento necessário por toda sua trajetória até esse momento.


Foram poucos os novos elementos a narrativa,  mais ao final da season que temos um enxerto de novas peças que não sabemos se renderá. Do lado da lei, continua aquela mesma pegada, quando parece que estão conseguindo ganhar... o Professor tira algo mirabolante que nem tem muito sentido real pelos acontecimentos em andamento e consegue dar um nó nos inspetores e voltar por cima na história. Para quem nunca assistiu pode achar forçado e cômico, mas quem já vem lá do começo, já se acostumou e embarca nessas bizarrices do líder de Tóquio e cia. Um diferencial que vai causar certa estremecida no grupo e uma ação no estilo assalto interno, causando um perigo real e imediato ao grupo é o segurança Gandia (Jose-Manuel Polga) que ditará um suspense e acontecimentos fazendo você odiá-lo até mais que a Sierra. No geral, para o assalto ao ouro do Banco da Espanha e esse embate polícia e Professor, as coisas não andam muito, são mais o elemento do Gandia e alguns desenvolvimentos de personagens como Palermo e Rio que animam mais para narrativa render, claro sem contar as soluções ex-machina (Termo usado nos cinemas quando tudo está dando errado para o mocinho e ele tira ou acontece uma solução inesperada pelo apresentado até então) do Professor, mas a sensação é de agonia ao passar dos episódios e saber que esse assalto está muito longe de ser concluído, só que admitindo que a ação oferecida é uma das melhores da série até então... De ruim foi o enfraquecimento de duas das suas girlpowers (Tóquio e Nairobi) dentro da trama. La Casa de Papel em sua quarta temporada andou em círculos e voltou praticamente  ao mesmo lugar, deixando nesse percurso alguns personagens populares sem grandes destaques para a trama e dando espaço a outros menores, mas no geral segue a mesma pegada de subtramas novelesca no meio do caos. O diferencial agora é termos duas pessoas da lei para odiar. O mais interessante disso tudo é que o carisma do Professor, Tóquio, Denver e cia... somado a cerne do seus objetivos principais acaba deixando as coisas divertidas... só nem tanto como antes, na próxima temporada precisa se resolver mais dentro do seu plot principal.    

Obs.: Biografias de atores e filmes IMDB. As imagens foram disponibilizadas pela assessoria da distribuidora do filme.
  ____________________________________________________________________
 Dúvidas, sugestões, parcerias e indicações: contato.parsageeks@gmail.com

Comentários via Facebook

0 Comments:

Postar um comentário

Publicidade

ParsaGeeks

Instagram

© ParsaGeeks - Desbravando Filmes e Séries – Nossos Brindes de Cinema (NBC) Grupo ParsaGeeks