Destaques

Newsletter

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Primeiras Impressões | Impuros - Segunda Temporada (Fox Premium)

(Inicio sem vencedores)


Sinopse: Estreia hoje as 22h30 na Fox Premium, a segunda temporada de 'Impuros'. Série nacional que conta a  ascensão da guerra de gangues e profissionalização do narcotráfico no Rio de Janeiro dos anos 90. Produção estrelada por Raphael Logam que interpreta Evandro, do qual, o destino fez ele ser um dos principais líderes do tráfego de drogas na América Latina; e também do policial Vitor, interpretado por Rui Ricardo Diaz, um cara que tem seus próprios demônios interiores. Nessa segunda temporada as consequências do último encontro de Evandro e Vitor ficam evidentes. Para saber mais da série e das novidades na nova temporada, clique aqui. Abaixo minhas primeiras impressões ao assistir o primeiro episódio da season nova a convite da Fox Premium.

Elenco em evento na Fox Channel

A série em si tem muito de Cidade de Deus, até porque aborda o mesmo assunto, uma pessoa que tem uma ascensão no tráfego que vai deixando um rastro de sangue nesse caminho. A diferença em 'Impuros' é que o protagonista foi conduzido a isso, quando na verdade tinha outros planos para a vida. Nesse episódio de estreia,  Evandro continua na prisão e toda a dureza dessa nova vida para ele, ao mesmo temo que as coisas do lado de fora estão fervendo. No contraponto, temos Vitor, com ele o desenvolvimento do personagem começou mais devagar, só que já está evidente que a perda da mãe da sua filha está gerando uma bola de neve na mente dele e na garota, coisa que promete trazer mais dores, já que o policial está em frangalhos e nem mesmo a prisão do Evandro conseguiu melhorá-lo. 


O próprio subtítulo dessa temporada que "Os negócios e a Família não devem ser misturados" ficam claras nesse episódio, onde a violência acontece em muitas cenas e a interação do Evandro com sua mãe fica como destaque e prometendo aumentar a tensão sobre o que vai ser ao longo dos episódios. Pouco se abriu fora dos rivais, então precisaremos mais alguns episódios para saber se vamos ter algumas outras tramas importantes fora Evandro/Vitor. Sobre o episódio em si, achei bem tranquilo, fora que tem um grande resumo da temporada anterior para relembrar ou deixar os novos espectadores familiarizados com que estã acontecendo. As cenas na cadeia e a violência urbana lembram muito Cidade de Deus e Carandiru. Raphael Logam continua bem, pois ele não tem o visual e jeito de um líder do tráfico, a série consegue conduzir bem seu título de Impuros, pois todos tem seus problemas que podem o corromper. Mas para não ser só elogios, o excesso em focar em algumas cenas escatológicas na cadeia me incomodaram, não agrega ao que estava acontecendo;  e as subtramas ainda não mostraram ao que veio, fora que o final, apesar de forte, precisava ser mais natural do que foi. No geral, a série tem muito ainda o que abordar para sabermos até que ponto as situações de Evandro e do Vitor e os que os envolvem vão caminhar para quem sabe um novo encontro entre os rivais.

  ____________________________________________________________________
 Dúvidas, sugestões, parcerias e indicações: contato.parsageeks@gmail.com

Comentários via Facebook

0 Comments:

Postar um comentário

Publicidade

ParsaGeeks

Instagram

© ParsaGeeks - Desbravando Filmes e Séries – Nossos Brindes de Cinema (NBC) Grupo ParsaGeeks