Destaques

quinta-feira, 2 de dezembro de 2021

Crítica Cinema | Clifford - O Gigante Cão Vermelho

(Criando um cachorro gigante e achando normal)


Quando a estudante do ensino médio Emily Elizabeth (Darby Camp) conhece um criador de animais mágico (John Cleese) que lhe dá um cachorrinho vermelho, ela não imaginava acordar e encontrar um cão gigante de três metros em seu pequeno apartamento em Nova York. Enquanto sua mãe (Sienna Guillory) está viajando a negócios, Emily e seu tio divertido Casey (Jack Whitehall) vão viver uma grande aventura pelas ruas de Nova York com a chegada do novo membro da família. Elenco ainda conta com Izaac Wang, Tony Hale, David Alan Grier, Kenan Thompson, entre outros. Direção de Walt Becker. Distribuição nacional da Paramount Pictures do Brasil. Estreia nos cinemas brasileiros em 02 de dezembro de 2021. Para o trailer, clique aqui.

Clifford - O Gigante Cão Vermelho (Clifford the Big Red Dog)


Clifford é original dos livros infantis “Clifford the Big Red Dog” de Norman Bridwell, também foi uma série animada nos anos de 2004/05, produção britânica. A premissa fantasiosa de existir um cachorro vermelho gigante, mas o intuito do personagem é fazer com que as pessoas sejam melhores quando cruzam o caminho desse cão peculiar. Passar isso para as telonas não é difícil, com os efeitos especiais de hoje, não é nada complicado fazer um bicho enorme computadorizado mesclado ao live-action. A história é muito voltada ao público infantil... Personagens, falas, situações e mensagens dadas... tudo para a criançada. A trama em si é básica, tem a menina se sentindo só, um velhinho misterioso que entrega o cachorrinho para ela, mesmo com a negação do tio dela. A partir desse ponto começa a aventura, com momentos cômicos, corre corre e um leque de interação que vão seguindo em uma jornada que não tem grandes acontecimentos, é mais para passar o tempo mesmo.


Tudo muito bonitinho, claro que a mensagem final não seria diferente. Sinto que faltou um teor maior do Clifford mudando as pessoas, fica tudo muito para o final e faltou uma naturalidade melhor. O fato de termos um vilão, isso centraliza todos os acontecimentos e ameaças que o cachorrão corre, enquanto ele vai bagunçando a vida de todos em sua volta. Uma direção sem se esforçar para dar uma condução mais elaborada, mas como dito antes, o público alvo é para crianças bem novinhas. Os efeitos especiais na criação do cachorro são tranquilas, só que na interação com os atores reais, você sente uma superficialidade em contato direto, não precisa ser muito detalhista para perceber essa falta de capricho. Elenco é bem inflado, mas os principais que são a menina Darby Camp, que é bem meiga, e o tio Jack Whitehall que foi para o gasto, conseguem segurar bem toda a aventura, que praticamente não para durante todo o filme. Clifford – O Gigante Cão Vermelho é uma jornada aventureira, bem infantil, com conteúdo cheio de mensagens de amizade e humor. Nada muito elaborado, mas o suficiente para entregar sua história.

Imagens fornecidas pelas assessorias ou retiradas da internet para divulgação/Biografias usadas são da IMDB
  ____________________________________________________________________
 Dúvidas, sugestões, parcerias e indicações: contato.parsageeks@gmail.com

Comentários via Facebook

0 Comments:

Postar um comentário

Publicidade

ParsaGeeks

© ParsaGeeks - Desbravando Filmes e Séries – Nossos Brindes de Cinema (NBC) Grupo ParsaGeeks