Destaques

quarta-feira, 17 de novembro de 2021

Crítica Cinema | Ghostbusters – Mais Além

(A homenagem mais justa possível)


Em Ghostbusters: Mais Além, quando uma mãe solteira (Carrie Coon) e seus filhos (Mckenna Grace e Finn Wolfhard) se mudam para uma pequena cidade, eles começam a descobrir sua conexão com os Caça-Fantasmas originais (Bill Murray, Dan Aykroyd, Ernie Hudson e Harold Harris) e o legado secreto que seu avô deixou para trás. O filme foi escrito por Jason Reitman (Também dirige o filme) e Gil Kenan. Elenco ainda conta com Paul Rudd, Sigourney Weaver, Annie Potts, Logan Kim, entre outros. Distribuição nacional da Sony Pictures do Brasil. Estreia nos cinemas brasileiros, em 18 de novembro de 2021. Para o trailer, clique aqui.

Ghostbusters – Mais Além (Ghostbusters: Afterlife)


A franquia Os Caça-Fantasmas é um clássico dos anos 80 que se expandiram para animações, games e outros licenciados. Como não reconhecer a trilha sonora clássica, o logo da equipe, além de fantasmas como o Geleia e o Homem de Marshmallow. Sobre os filmes, o primeiro de 1984 é um clássico, querido por todos e base de homenagens como em Stranger Things, entre outras produções que citam essa década. O segundo de 1989 já não tem o mesmo apelo, aliás, longe disso, mas nada supera o hater de 2016, intitulado apenas de Caça-Fantasmas, o longa é protagonizado por mulheres, aonde temos a inversão de papéis com os dos  homens da equipe original, além de uma “homenagem” questionável ao elenco clássico, a crítica caiu matando e mesmo como nomes de Melissa McCarthy, Kristen Wiig e Paty Jones no elenco, foi um desastre, e olha que teve gancho para uma sequencia que depois foi prontamente arquivado e selado para nunca mais ser mencionado. Particularmente por não ser um grande fã dos Ghostbusters, até que achei divertido, mesmo exagerando no excesso de piadolas, apesar de visivelmente tentar dar aquela forçadinha para querer agradar certos públicos. Agora em ‘Mais Além’ temos as coisas nos eixos, a trama segue como continuação dos primeiros, tem todo um lance emocional que vai trilhando nos caminhos certos para agradar aos verdadeiros fãs.


Como história, é bem básica, uma aventura dinâmica... por ter protagonistas crianças, parecia ser algo bem forçado como 2016, mas nada disso, tudo faz sentido, tem contexto, as ligações com a trama de 84 são as mais evidentes. as piadas acontecem em sua maioria no tempo certo. McKenna Grace consegue ser a destemida nerd e com laços sanguíneos que justificam suas atitudes, ela consegue segurar bem como protagonista, e os veteranos vão ali contornando para que Grace, além de Finn Wolfhard e até Logan Kim possam ditar os principais acontecimentos. O legal é que não tem muita enrolação com relação aos fantasmas, não faz doce por está acontecendo em dias atuais, sem perder tempo... os seres vão logo tocando o terror na cidade, dando trabalho aos mocinhos do filme. A cereja do bolo fica para a batalha final aonde a verdadeira homenagem que a equipe original merecia acontece. Os efeitos são muitos bons e nisso tem que destacar algo que pode mudar parâmetros de como produzir filmes em relação a participação de atores, já vimos coisas assim em alguns filmes, mas aqui consegue ir muito bem e mais demorado, não tem como dizer tanto sem dar spoiler... mas você vai se surpreender se entender o contexto ou conhecer a história da franquia nos cinemas. Sobre o elenco... Os garotos já disse que foram bem, o pessoal dos clássicos tem seus momentos, e tanto Paul Rudd, como Carrie Coon consegue ser uma boa escada para a trama central. Filme bem resolvido quanto aos seus objetivos, mesmo sem ser algo grandioso, está bem dirigido por Jason Reitman, filho do diretor dos longas clássicos. Ghostbusters – Mais Além é a homenagem justa que a franquia merecia, depois do desastre de 2016 nesse quesito. Com uma narrativa simples, consegue com muita aventura, dinamismo e carisma trazer uma boa sensação, mesmo para quem não é conhecedor ou grande fã dos Caça-Fantasmas.

Imagens fornecidas pelas assessorias ou retiradas da internet para divulgação/Biografias usadas são da IMDB.
  ____________________________________________________________________
 Dúvidas, sugestões, parcerias e indicações: contato.parsageeks@gmail.com

Comentários via Facebook

0 Comments:

Postar um comentário

Publicidade

ParsaGeeks

© ParsaGeeks - Desbravando Filmes e Séries – Nossos Brindes de Cinema (NBC) Grupo ParsaGeeks