Destaques

Newsletter

quarta-feira, 10 de junho de 2020

Matéria Especial | A Situação das Redes de Cinemas pelo Mundo

(No Brasil o retorno está distante ainda)


Saudades do cinema neh minha filha? Parafraseando o meme do Dr. Draúzio Varella, todos que curtem a sétima arte estão com abstinência das telonas, chegando ao ponto até de ter saudades dos que ligam o celular durante a sessão... ok, exagerei... nem tanto assim. A chegada da pandemia do Covid-19 e os estragos nas vidas que estão sendo levadas são enormes, além disso, a economia, política, cultura e tudo e qualquer seguimento está em colapso no mundo todo, no Brasil onde as coisas são mal conduzidas então... já que nossos políticos fizeram prova com consulta e estão errando tudo do mesmo jeito nessa situação epidêmica, mas isso é para outra conversa, aqui no caso vou falar de como estão os cinemas pós seis meses da chegada desse vírus e estando de três a cinco meses de quarentena, dependendo do país. Por isso espero que você esteja se cuidando e a essa altura do campeonato não preciso dizer para lavar as mãos, usar álcool em gel, sair de casa apenas se necessário mesmo e claro use máscara e evite aglomerações, mantenha distância e cuidado extra dos grupos de risco, porque você já sabe neh? Vamos entrar agora nesse quebra-cabeça que está sendo o retorno dos cinemas pelo mundo...

Imagem que vem acontecendo a meses nas redes de cinemas

Indo direto para as atividades culturais que não é apenas cinema... inclui também serviços como teatro, museu, exposições, feiras de eventos, comedy clubs e outras áreas que vivem 100% do máximo de pessoas possíveis juntas para consumir esses serviços e que estão sofrendo demais nesses meses. Comentando especificamente dos cinemas... apesar de termos alguns filmes saindo direto para streaming, várias lives, ações de apoio e os drive-in voltando a moda (Coisa que falarei mais abaixo quando mencionar o Brasil), isso é pouco, mas também já é um suspiro para não morrer de vez, pois gastos desses locais com alugueis, franquias, funcionários e outros dividendos são grandes. Abaixo vou citar como estão algumas situações em países que liberaram o retorno de serviços como cinema. Até o fechamento dessa matéria no dia 06 de junho, como tudo muda a toda hora nessa pandemia, podemos ter novas situações para o bem ou para o mal no dia de você estiver lendo essa matéria, mas já dá para ter uma ideia do tamanho da encrenca do audiovisual entrou com essa pandemia.

Ásia é o único continente que está avançado no retorno de atividades

Ásia: A China onde tudo isso começou lá em dezembro, foram os primeiros a sofrerem e os primeiros a saírem dessa situação complicada, em abril chegaram a retomar com as atividades por duas semanas com exibições de Harry Potter e a Pedra Filosofal em 4K, além de Vingadores Ultimato, fora as produções locais e alguns lançamentos como O Chamado da Floresta e JoJo Rabbit da Century Studios (Disney) e Dolittle da Universal, esses que estrearam nos outros países quando os chineses estavam de quarentena ainda, inclusive tem uma matéria minha aqui no ParsaGeeks sobre isso, clique aqui para conferir. Duas coisas aconteceram nesse retorno... A primeira foi o ceticismo das pessoas para entrar novamente em uma sala de cinema, já que ali junta situações de grande contágio: Espaço pequeno com acumulo de pessoas e o ar-condicionado que espalha ainda mais o vírus no ar, já que você não pode confiar que todos continuaram usando suas mascaras durante a exibição em uma sala escura... um espirro ou tossida, já pode complicar tudo (Isso é só um exemplo de alguns receios que as pessoas no mundo estão sobre esse retorno), isso fez um retorno de bilheteria pífio, tendo várias sessões vazias e mesmo com alguns lançamentos... não seduziu muitas pessoas a irem assistir por temor da doença. Outra situação foi que ao abrir as fronteiras para o retorno dos chineses de fora do país e com o estado de pandemia no auge na maioria dos países, muitos viajantes retornaram infectados... para piorar, as fronteiras como a da Rússia tiveram pessoas voltando doentes, então o governo chinês ordenou o novamente o fechamento de qualquer tipo de concentração de pessoas e mesmo os cinemas rodando com protocolos de saúde e com capacidade de lugares reduzido, obviamente entrou nessa ordem. A expectativa é que retorne esse mês, nada 100% confirmado, mas deve ser a esperança das distribuidoras, já que a China é um pedaço muito grande das bilheterias da área cinematográfica no mundo, alguns lançamentos de julho como Tenet da Warner Bros e Mulan da Disney contam muito com isso.

Mulan que foi adiado para 23 de julho no Brasil, Disney ainda mantém a data

Ásia 2: O continente foi o primeiro a ser afetado, com isso está sendo o primeiro a conseguir controlar o contágio, então países como Coreia do Sul retomaram atividades com um esquema de segurança gigantesco, chegando a ponto de você ser borrifado na entrada com um produto de limpeza, obrigatoriedade de usar máscara até entrar na sala, distanciamento de três lugares e pulando fileiras para uma distância maior, chegando a situações de algumas salas terem chinelos oferecidos por eles, porque sempre corre o risco de alguém por o pezão (ou pezinho, no caso da criançada) na poltrona da frente, ainda mais sendo fileira vazia, claro que imagina-se e tendo que confiar que tudo está higienizado. Além disso, os filtros do ar-condicionado tem um produto que meio purifica o ar, já que ficou a polêmica, vender ou não itens do Snack Bar? Sim, foram liberados, já que a renda maior vem de lá, você pode comer sua pipoca, doce e tomar seu refrigerante na sala, com algumas exceções que não estão claras se obrigatórias ou de conscientização, vindo dos asiáticos e sabendo de como são disciplinados, jogo minhas fichas na segunda opção... Se a pessoa não for comer nada ou só tiver bebendo (Fornecido canudo) usa máscara a sessão toda. Depois do filme  você devolve o chinelo, joga tudo fora que você consumiu ali mesmo e com disponibilidade de álcool em gel em todo canto, tudo isso para que as sessões aconteçam, inclusive Trolls 2 da Universal está salvando como lançamento ocidental na Ásia, já que está tendo muitos filmes antigos sendo reexibidos. Combos foram criados com os famosos brindes para incentivar as pessoas a irem e terem uma melhor experiência, já que como mencionado, são muitas regras para assistir um filme que tirando Trolls, restante são reprises. Para saber quais estão sendo esses brindes, seja membro do grupo do ParsaGeeks no Facebook, o Nossos Brindes de Cinema clicando aqui.

Coreia do Sul foi a primeira a retornar de forma contínua

Ásia 3: Fechando o continente asiático: Taiwan retomou atividades de modo animado, seguindo basicamente os mesmos protocolos da Coreia do Sul, eles investiram pesado no merchandising de Dois Irmãos - Uma Jornada Fantástica da Pixar (Disney) e Trolls 2 da Universal, com combos de brindes interessantes que chega a carro balde de pipoca com fricção de Dois Irmão, também está tendo a exibição da trilogia do Batman de Nolan, além de longas locais. Vietnã também retornou com suas redes destacando Trolls 2 e Dois Irmãos e com nada muito diferente dos protocolos de saúde dos outros países vizinhos. Além disso, o Japão que retomou atividades na semana passada, só que em apenas algumas cidades, ainda sem prazo para uma volta total, lá eles apostam em Akira em IMAX e Capitão América: Guerra Civil que fez um sucesso gigante por lá, até maior que os dois últimos Vingadores (Guerra Infinita e Ultimato). Com as redes japonesas tem uma peculiaridade, demorou a fecharem, abriram de novo, fecharam e agora estão abrindo de novamente, lá está de acordo com o monitoramento do andamento da doença, surgindo novos casos e ainda mais se não der para monitorar de onde a pessoa se contaminou ou com quem teve contato, já ligam alerta.

Brinde do combo de Dois Irmãos da Pixar em Taiwan

Europa: Alemanha está retomando atividades, primeiro em sistema de Drive-in, com data para a segunda quinzena desse mês em abrir normalmente, lá os teatros foram abertos primeiro com uma situação curiosa, para garantir o distanciamento... muitas poltronas foram arrancadas e deixando visualmente algo feio, mas que na decisão deles a mais acertada e também sem peças infantis, já que crianças é algo mais complicado de segurar. Poucos países europeus retomaram atividades, República Tcheca voltou tendo como lançamento o Dois Irmãos da Pixar (Disney), outros países sem grandes tradições em renda para área dos cinemas estão voltando aos poucos. Um que chamou atenção é a Noruega que não parou nessa quarentena, no caso uma parada total... já que estados onde o vírus não se espalhou estão funcionando normalmente até hoje, tanto que 'Parasita' o grande campeão do Oscar 2020 está esse tempo todo em cartaz por lá e já passou de 1 milhão de euros de arrecadação, para a tradição do país é muita coisa. Nos estados com a doença mais avançada, o retorno está sendo em drive-in (Coberto e a céu aberto) e também com reexibição da nova trilogia de Star Wars (O Despertar da Força, Os Últimos Jedi e A Ascensão Skywalker) somado a O Retorno de Jedi vão promover esse retorno de atividades parciais. Por fim desse tour pela Europa, a Suécia que usou um sistema de flexibilização questionável de lidar com a pandemia... de inicio manteve os cinemas abertos, mas no começo de abril foram fechados e como ficou meio bagunçado o sistema polêmico deles de lidar com a quarentena (Flexibilidade absurda), ainda não se tem notícia de quando retornarão.

Teatro na Alemanha retira as poltronas para garantir distanciamento

América: Deixando o Brasil para o final, no geral apenas México está retomando atividades, o Cinépolis de lá retornou em algumas cidades, inclusive com um vídeo longo dos protocolos que eles estão adotando para essa volta, nada que fuja do que os outros estão fazendo, talvez uma limpeza constante dos filtros do ar-condicionado que foi mostrado, não se sabe se outras estão agindo igual, mas foi o único a mostrar o procedimento. A partir do dia 15 está programado um retorno total, entrando nessa a principal rede adversária deles, o Cinemex (Cinemark Mexicano). Lembrando caso não fique claro, todos que mencionei até agora retornam com capacidade reduzida, espaçamento maior entre as pessoas, higienização para todos os lados e uso obrigatório de mascara até entrar na sala. Nos EUA, antes do caos dos protestos tinha previsão de retorno até inicio de julho, agora está tudo bagunçado por lá, além do covid-19 que continua causando estragos enormes aos americanos.


Cinépolis do México retomando atividade

Brasil: O Brasil varonil está mostrando nessa pandemia de forma amplificada o que sempre existiu... Caos no sistema de saúde, econômico e político... com muitas pessoas morrendo da doença, falindo, passando fome e políticos roubando em plena pandemia com respiradores superfaturados e hospitais de campanha prometidos e não entregues , entre outros absurdos. Soma-se isso a essa briga de egos entre presidente, governadores e prefeitos, um contradiz o outro, informações desencontradas e deixando os brasileiros perdidos sem saber no que acreditar ou confiar... O cinema está incluído nesse tufão de incertezas, mas encontrou alguns meios de conseguir renda. Ações de leilão, streaming próprio, o projeto Cinema Virtual, delivery de Snack, venda de seus brindes, doações e ações para que mesmo pouco, alguma renda entre. O governo de SP na área cultural se coçou um pouco e está fazendo um Drive-in no Memorial da América Latina em sistema temporário com exibição de grandes clássicos do cinema (Blockbusters incluídos, além de produções nacionais e de grandes diretores) em parceria com o Petra Belas Artes, temos também em Santos com o Cinesystem e projeto no estádio do Palmeiras, outro em sistema de Drive-in que é um recurso a mais para ajudar o audio-visual que gera muitos empregos e já estava capengando antes por aqui, imagina agora... principalmente produtoras e distribuidoras menores e ainda as redes de cinemas, principalmente as de rua que ainda temos alguns na capital de SP. Resta ao público se puder, colaborar com alguns desses meios criados para ajudar as redes e distribuidoras pequenas, para não fecharem as portas.  O retorno físico pelo menos em SP está longe de acontecer (Talvez segunda quinzena de julho) e essa volta deve causar polêmica pois com ideias iniciais de apenas 30% dos lugares, duas sessões e uso obrigatório de máscara o tempo todo (Nada de Snack Bar, mas o que fazer com a tradicional compra nas Americanas de muitos ou quem trouxe de casa? vai expulsar a pessoa no meio da sessão, como faz com as crianças?????), situações que podem dificultar esse tal retorno de atividades culturais e se não forem revistas ou ajustadas (Responsável do Cinemark no Brasil já avisou que ao retornar o Snack Bar funcionará normal) é melhor espera até agosto ou setembro para uma melhor condição de reabertura sem confusão.


Retornar aos cinemas com segurança é prioridade, sá não se sabe quando

Resumindo: O público será seduzido em voltar a uma sala de cinema com a epidemia no auge e ainda com tantas regras para assistir a um filme nos cinemas? Principalmente que não teremos muitos lançamentos... fora isso, os preços como serão? capacidade reduzida e a falta de dinheiro das pessoas, vamos ter que aguardar. Julho temos dois lançamentos interessantes Tenet da Warner Bros do diretor Christopher Nolan (17) e o live-action da Mulan da Disney (24) no Brasil chegam um dia antes (Pelo menos por enquanto), em uma entrevista de um responsável da organização de cinema acredita que 90% das redes no mundo estariam abertos já para Tenet, acho um otimismo enorme, mas no fundo é China e EUA que são os alvos principais deles, Brasil também tem seu valor, com grandes bilheterias, mas com essa zona em que estamos, temos que apostar na criatividade individual das redes e distribuidoras, colaboração dos cinéfilo ou simpatizantes e um semancol das secretárias de cultura para que eles possam ir levando de uma forma menos traumática, não só os cinemas, como tudo relacionado a atividades culturais até que tenhamos uma luz no fim do túnel que não seja a do trem. Saudades do cinema neh meu filho? também estou, mas sem apressar nada, vamos com calma.

obs.: Imagens retirada da internet (Reprodução)
 ____________________________________________________________________
 Dúvidas, sugestões, parcerias e indicações: contato.parsageeks@gmail.com

Comentários via Facebook

0 Comments:

Postar um comentário

Publicidade

ParsaGeeks

Instagram

© ParsaGeeks - Desbravando Filmes e Séries – Nossos Brindes de Cinema (NBC) Grupo ParsaGeeks