Destaques

Newsletter

domingo, 19 de agosto de 2018

Cinema 487# Escobar - A Traição

 Escobar - A Traição (Loving Pablo)


A trajetória  do líder do Quartel de Medellín e um dos traficantes mais perigosos da história, Pablo Escobar (Javier Bardem) sobe o ponto de vista da jornalista Virginia Vallejo (Penélope Cruz) do qual foram amantes. Ascensão, afirmação e queda de Escobar e o quanto isso afetou Vallejo e o quanto ela teve participação nisso são retratados nessa biografia, elenco ainda conta com Peter Sarsgaard (recente Jackie e Sete Homens e um Destino), Julieth Restrepo e grande elenco, com direção de Fernando Léon Aranoa, essa produção espanhola esta sendo distribuída no Brasil pela Califórnia Filmes.


Mais uma vez temos a história de Escobar sendo contada em tão pouco tempo e de vários pontos de vista, temos as temporadas de Narcos do qual temos detalhado a trajetória do traficante e o depois, além disso temos os recentes Conexão Escobar (Bryan Cranston) e Feito na América (Tom Cruise) basicamente pontos importantes da trajetória dessa famosa história, o que temos agora é na visão de Virginia Vallejo, mostrando do ângulo dela essa trama contada novamente, confesso não achei nada a mais que não tenha visto em Narcos, exceção as caras e bocas exageradas de Penélope Cruz, praticamente só grita o filme todo, inclusive uma cena perto do fim que chega ser ridícula, fora isso quando se tem Javier Bardem tem que deixa-lo brilhar, o longa até vai mesclando interesse em ambos protagonista, mas a  história de Escobar é tão forte, que lá pelo meio, tudo é focado nele e a jornalista aparecendo só em pontos chaves, além dela ser a responsável pela narrativa da história.



No mais, percebe-se na caracterização de Bardem uma forma de ridicularizar Escobar, esta muito caricato com uma barriga inchada que da para perceber a montagem e um rosto que parece um sapo, praticamente ele faz coisas ruins o tempo todo, pouco se humaniza ele como em Narcos, até porque é uma versão resumida, se trabalha ali a parte família, mas em dosagens modestas, por fim Escobar - A Traição é mais do mesmo em pouco tempo, claro que se a pessoa não assistir Narcos vai conseguir uma experiência melhor, porque Javier Bardem esta muito bem, Cruz nem tanto, mas uma obra bem produzida e ambientada, só que cansa assistir baterem na mesma tecla tantas vezes em pouco mais  de 1 ano, mas o filme é bom sim.
 

(Filme nota 3/5)
Visto em Cabine de Imprensa no Espaço Itaú e na Pré estreia do Noitão Belas Artes
by: Alan David
Minhas Redes Sociais
https://www.facebook.com/alan.andrade.david  https://www.facebook.com/groups/150948592244879/?ref=group_header

ParsaGeeks no Youtube/Facebook/Instagram/Twitter
https://www.youtube.com/channel/UChJJDLVik7gCCMVZrLcGb4whttps://www.facebook.com/parsageekshttps://www.instagram.com/parsageeks/https://twitter.com/ParsaGeeks
       ____________________________________________________________________

   ____________________________________________________________________
 dúvidas, sugestões e indicações: blogparsageeks@gmail.com

Comentários via Facebook

0 Comments:

Postar um comentário

Publicidade

ParsaGeeks

Instagram

© ParsaGeeks - Desbravando Filmes e Séries – Nossos Brindes de Cinema (NBC) Grupo ParsaGeeks