Destaques

Newsletter

quinta-feira, 2 de maio de 2019

Belas Artes fecha parceria e agora se chama Petra Belas Artes

(O negócio dá um novo fôlego para o cinema e afasta qualquer risco de fechamento)


Esse ano a crise começou afetar severamente a parte cultural brasileira em menos de cinco meses de 2019 e já sofreu grandes perdas como de patrocínios, menores orçamentos para eventos culturais e muita discussão em relação a verba da Lei Rouanet desde que os incentivos diminuíram após a posse da nova presidência, tudo isso com a saída de estatais e empresas dos segmentos relacionados a cultura. Um dos baques foi a Caixa Econômica que deixou de patrocinar o Belas Artes, isso preocupou a toda comunidade cinéfila ou aqueles que apenas gostam ir em um cinema mais tranquilo e que não seja dos grandes Shoppings e também ter acesso a filmes mais independentes, estrangeiros fora do eicho americano e nacionais que não tem o espaço que os longas de comédia tem no país. O Belas Artes é um dos pontos de lazer e um dos mais antigos e remanescentes cinemas de rua, inclusive havendo manifestação dos frequentadores para que houvesse empresas interessadas em patrocinar o Belas. Hoje pela manhã aconteceu uma coletiva de imprensa no qual o diretor de lá, André Sturm anunciou a parceria com a Cervejaria Petra, em um contrato de cinco anos, com isso o espaço passa a se chamar 'Petra Belas Artes'
Esse contrato vai ajudar e muito nas despesas do lugar, pois o aluguel segundo dados levantados pela Folha, gira em torno de dois milhões anuais, ainda nessa mesma coletiva André diz que o cinema tem 49 funcionários. Então imagina o gasto mensal de um aluguel de dois milhões anuais, pagar quase cinquenta funcionários, luz, água, impostos e todos os gastos provenientes de um estabelecimento desse porte, lembrando que o Belas é um local grande, são um total de sete salas. O medo dos frequentadores era de acontecer o que aconteceu entre 2011 a 2014 que o local ficou fechado. Com isso, um fôlego interessante para os amantes de cinema, para a equipe Belas Artes e também para a Petra que ganha uma visibilidade de está vinculado a um dos patrimônios culturais de SP, além do agradecimento dos fãs do local que estavam aflitos com essa situação.

Na coletiva, Sturm disse que nada muda com relação ao que tem hoje lá, então os tradicionais Noitões do Bela, Clube da Morte e todos os eventos que costumam acontecer não haverá alterações, o que terá são inclusões de iniciativas que tendem a aumentar ainda mais a visibilidade e trazer mais opções culturais e com isso o aumento de público porque não. A transição toda de nome pelo que foi dito vai demorar quinze dias, mas as redes sociais já estão adotando o novo nome e ficaremos no aguardo dessas novidades e felizes que uma empresa privada sem um aporte expansivo como era o patrocinador anterior, esteja disposta a investir e acreditar no projeto, no Belas e principalmente na cultura, pois claro que a visibilidade da marca trará frutos e lucros, mas tudo faz parte de um algo maior e cabe aos frequentadores continuarem e aumentar seu ímpeto de irem no cinema e que as inclusões deles nessa nova parceria venham a cair no gosto dos cinéfilos.

Foto que tirei  dentro do Belas ao fim do 'Noitão Animes' em março/18

ParsaGeeks fica feliz, se hoje participa da maioria das assessorias de cinema, eventos e séries, a primeira que aconteceu e que dura até hoje é com o Noitão do Belas Artes, isso ocorre desde o começo do ano passado, evento para quem não conhece... É uma noitada temática de cinema, normalmente na terceira sexta-feira do mês, quando se vira a madrugada em uma maratona de três filmes. Além disso, tem sempre outros eventos que você pode conferir no site ou nas redes sociais do agora Petra Belas Artes.

Foto que tirei no dia do 'Noitão Blumhouse' maio/18

Em tempos de crise e falta de apoio, ainda temos pessoas que acreditam na cultura, o Cine Bijou está voltando com a Pandora Filmes envolvida no projeto, cinema tradicional de rua do centro de SP, além disso, o Omelete também esta está envolvido no retorno do Cine Ipiranga, em uma pegada mais multimídia e como se fosse uma CCXP diária e mais contida. Ainda um projeto que pode trazer o Cine Marrocos de volta, grandes cinemas de rua do passado que fazem falta hoje em dia. Sem esquecer do Cine Arte que perdeu o patrocínio da Petrobrás, que esperamos que também tenha uma final feliz.

 ____________________________________________________________________
 Dúvidas, sugestões, parcerias e indicações: blogparsageeks@gmail.com

Comentários via Facebook

0 Comments:

Postar um comentário

Publicidade

ParsaGeeks

Instagram

© ParsaGeeks - Desbravando Filmes e Séries – Nossos Brindes de Cinema (NBC) Grupo ParsaGeeks