Destaques

Newsletter

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Cinema 533# A Garota na Névoa

A Garota na Névoa (La ragazza nella nebbia)


Em uma pequena aldeia alpina da Itália acontece algo inesperado, a jovem Anna Lou misteriosamente desaparece sem que ninguém tenha uma pista de onde ela esteja, a comoção no lugar é enorme e cabe ao Detetive Vogel (Toni Servillo) investigar o caso. Os métodos nada ortodoxos de Vogel podem fazer com que um homem (Profº Loris Martini, interpretado por Alessio Boni) seja considerado o responsável pelo sumiço da garota, mesmo não se tendo certeza se ele é ou não culpado. Suspense de produção italiana que conta com a participação especial de Jean Reno. Direção de Donato Carrisi e distribuição A2 Filmes/Mares Filmes.


Um suspense raiz... tem o sumiço de uma pessoa, a busca do culpado e saber se a vítima esta viva ou não. Tudo dentro de uma ambientação tensa. Durante essa jornada para saber o paradeiro de Anna Lou ou o responsável pelo desaparecimento dela... já temos o possível culpado de cara e com isso toda uma construção de personagem para que tenhamos a dúvida se ele é ou não o criminoso. No contraponto disso a jornada de Vogel é de alguém que cometeu um erro no passado e em cima disso seus métodos serão questionados e tudo é desenvolvido de um jeito que horas você tem certeza que um lado está certo e horas que é ao contrário, por isso como filme do gênero ele funciona muito bem. A paciência é a chave dessa história e realmente nada é acelerado, apenas no final ele cria algo dúbio que pode confundir as pessoas, ainda mais ao pular acontecimentos de algumas cenas e só mostrando os resultados, uma opção de roteiro que acaba deixando as coisas não tão solúveis assim ao entregar um plot twist que por tudo de construiu até o momento, poderia ser mais redondinho, mas até então é um desenvolvimento bem feito e paciente.


A imersão dentro da ambientação ali produzida é muito boa, devido a sua fotografia e uma direção de arte cuidadosa que vai deixando as coisas coerentes junto com uma trilha sonora que funciona bem (Tem música brasileira de Beth Carvalho!!!), tem uns lances de transição e uns efeitos rápidos que te deixam sempre com a certeza que aquilo tudo é suspense puro. As atuações são boas, Servillo está bem, talvez uma melhor exploração do personagem, pois ficamos bem mais tempo na construção do arco do possível culpado (Martini), sendo que foi optado pela jornada dele ser bem detalhada para criar aquela dubialidade no público, já o restante do elenco pouco acrescenta (exceção ao Alessio Boni que foi ok com seu personagem suspeito) e ainda temos Jean Reno de uma participação especial que serve mais como um apoio narrativo de Vogel, que também pode ser considerado algo à mais. A Garota na Névoa trás a palavra suspense em sua essência, entrega uma trama paciente e bem construída, que se por uma lado o final opta por  algo mais interpretativo, pelo outro constrói em todo filme uma tensão e um cuidado para deixar o culpado óbvio, quando ao mesmo tempo não e com isso fica no ar quem era o verdadeiro alvo desse mistério que parece insolúvel. Ficou bom mesmo.

https://www.instagram.com/parsageeks/https://sites.google.com/site/parsageeks/
   ____________________________________________________________________
 Dúvidas, sugestões, parcerias e indicações: blogparsageeks@gmail.com

Comentários via Facebook

0 Comments:

Postar um comentário

Publicidade

ParsaGeeks

Instagram

© ParsaGeeks - Desbravando Filmes e Séries – Nossos Brindes de Cinema (NBC) Grupo ParsaGeeks