Destaques

Newsletter

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Cinema 509# O Homem Perfeito

O Homem Perfeito


Diana (Luana Piovani) é escritora, uma mulher sofisticada e bem resolvida em todos os quesitos, mas o que à incomoda é o seu relacionamento com o boa vida Gustavo (Marco Luque) no qual ela mantém uma relação dominadora por causa do jeito dele, só que o cara larga ela para se relacionar com a jovem Mel (Juliana Paiva), com isso Diana desperta uma insegurança que ela nunca imaginou ter e faz um plano para enganar a namorada do seu ex... Criar um perfil falso no Facebook de um homem perfeito que à entenda como nunca Gustavo entenderia, para isso ela irá contar com a ajuda de Carlos Henrique (Sérgio Guizé) um músico machista e rebelde que precisa que Diana faça uma biografia que melhore a imagem dele, filme ainda conta com o Eduardo Sterblitch (ex Pânico na TV) e com direção de Marcus Baldini (Uma Quase Dupla), distribuído pela Downtown Filmes.


O filme foi gravado à dois anos atrás, então alguns conceitos estão meio desatualizados com os dias atuais, aliás na coletiva de imprensa o elenco e produção nem pareciam lembrar direito da história, pois batiam na tecla que era sobre  a dinâmica das pessoas com as redes sociais e passando estigmas de felicidade como se aquilo fosse padrão, até tem um pouco, mas o cerne da história é a personagem Diana que se diz feminista, mas em nenhum momento age assim, pois ela fica envolvida seja com o zero a esquerda do Gustavo (relacionamento tratado de forma bem rala, você nem compra que são um casal) ou o escroto do Carlos Henrique, aliás tem uma carga bem machista vindo desses dois personagens, se quis passar como sátira, não consegue, pois é bem implícito o quanto eles tem defeitos de comportamento em relação a tratar as mulheres e a história não os conserta (principalmente Gustavo), aliás termina de um jeito que perde a chance de fazer algo relevante e com tudo que acontece durante a história, precisava ter um final diferente para ser coerente.


Luana Piovani está bem, até porque sua personagem casa bem em conceito com sua personalidade, Guizé é bom ator, agora Marco Luque um desastre humano, não sabe atuar ou falar, casting horrível escolhendo ele, não da para entender, fora que seu personagem não voltasse mais depois do inicio nem faria falta, pois a trama é construída de um jeito que  nem precisava mais dele, ainda mais que seu personagem é de evolução zero, fora isso, o filme tem um tom áspero de humor entre Diana e Carlos, isso tira algumas risadinhas, já na parte técnica tem boa ambientação e locações que da um tom limpo para as cenas, agora tem umas bizarrices de edição, como uma parte que acontece algo que parece que tem uma sub trama ali, mas depois é totalmente ignorado, finalizando... O Homem Perfeito peca em conceitos, esta desatualizado em alguns quesitos e se contradiz o tempo todo, perdendo a chance de entregar uma mensagem melhor no fim e que na parte de humor tem umas boas fagulhas, mas nada que o tire do rótulo de mais uma comédia nacional descartável, apenas regular.

(Filme nota 2/5)
Visto em Cabine de Imprensa
Autor: Alan David

Parceiros do nosso Portal

ParsaGeeks no Youtube/Facebook/Instagram/Twitter
https://www.youtube.com/channel/UChJJDLVik7gCCMVZrLcGb4whttps://www.facebook.com/parsageekshttps://www.instagram.com/parsageeks/https://twitter.com/ParsaGeeks
____________________________________________________________________

   ____________________________________________________________________
 dúvidas, sugestões e indicações: blogparsageeks@gmail.com

Comentários via Facebook

0 Comments:

Postar um comentário

Publicidade

ParsaGeeks

Instagram

© ParsaGeeks - Desbravando Filmes e Séries – Nossos Brindes de Cinema (NBC) Grupo ParsaGeeks