Destaques

Newsletter

domingo, 22 de setembro de 2019

Crítica Cinema | Predadores Assassinos

(Galhofa divertida com um monte de jacarés bravos)


Sinopse: Quando um enorme furacão atinge sua cidade natal na Flórida, Haley (Kaya Scodelario) ignora as ordens das autoridades para deixar a cidade e vai em busca de seu pai desaparecido (Barry Pepper). Ao encontrá-lo gravemente ferido, os dois ficam presos na inundação. Enquanto o tempo passa, Haley e seu pai descobrem que o aumento do nível da água é o menor dos seus problemas. Filme dirigido por Alexandre Aja, e como um dos produtores temos Sam Raimi (Trilogia Homem-Aranha com Tobey Maguire). Produção e distribuição da Paramount Pictures. Estreia nos cinemas, 26 de setembro de 2019.

Predadores Assassinos (Crawl)


Abordagem do longa é bem simples, assim como sua sinopse, tempo de duração (1h30) e elenco, tudo muito enxuto em um thriller de suspense básico que usa animais selvagens ou aquáticos para tocar o terror. Aqui segue na mesma pegada de 'Águas Rasas' e 'Medo Profundo', só para citar produções recentes. O roteiro tem uma traminha bem básica só para não ficar algo tão non-sense como 'Sharknado' e quando os bichos começam atacar aí vira uma galhofa que às vezes diverte, outras não. Em Predadores Assassinos, na verdade temos apenas uma espécie de predador que é o jacaré. Temos muitos jacarés, principalmente nas externas, aparecendo e atacando de todos os lados, garantindo alguns sustos e risadas, dependendo da cena.


A narrativa tenta uma seriedade inicial, com o relacionamento de Haley (Scodelario) e seu pai, aliás, são os únicos atores do filme... O restante é praticamente figurante ou comida de jacaré. À medida que a coisa vai se desenrolando e acontece à primeira aparição dos bichos, então o negócio vai para suspense, terror e algumas galhofas, pois existem situações inusitadas do qual eles atacam ou surgem de qualquer canto, ficando incoerentes nos próprios ataques, pois em figurante eles são mortais, mas atacando os protagonistas fica uma coisa mais circense e chegando a ser cômico. Mas dizendo isso, fica parecendo que o filme é ruim... Muito pelo contrário, pois ele abraça sua proposta narrativa de ação e survivor, dentro de um tempo de duração bom para esse tipo de história, então consegue entreter bem e não fica cansativo de assistir... Em uma tela maior de cinema fica melhor ainda, a imersão é mais positiva e você vai se divertindo com aqueles jacarés tocando o pânico no dilúvio que está acontecendo naquele lugar.


Uma produção apesar de não parecer cara, gastou muita água nas internas, na parte do porão aonde fica boa parte do longa, é tudo muito escuro, mas condizente com os acontecimentos, nessas o uso da água é muito boa, até porque, se os personagens não morrerem comido por jacarés... Morrem de doença contagiosa na água, com toda aquela sujeira. Nas externas deixa muito a desejar, chegando a mostrar chuva na frente de casas que parece filtro de Instagram em alguns momentos, isso reforça mais que o longa não se leva tão a sério e até esses erros e alguns furos narrativos não tem muita importância na proposta central do roteiro. Os jacarés são bem feitos, apesar de aparições sempre em cenas escuras. No geral da parte técnica, não tem nada que desabone, já que não oferece muito. Do elenco... Kaya Scodelario foi bem, assim como Barry Pepper, até porque não são muito exigidos em atuação, apenas em condição física para as cenas de nado e fuga. Predadores Assassinos é o básico da ação de sobrevivência, não oferece mais que isso e não exige de si mesmo para tanto. Impõe uma correria, muita água e jacarés aparecendo de tudo que é canto... Abraçando a simplicidade em uma produção sem grandes aspirações, mas que naquele tempo ali assistindo, você tem a garantia de pelo menos uma diversão descomprometida.

  ____________________________________________________________________
 Dúvidas, sugestões, parcerias e indicações: blogparsageeks@gmail.com

Comentários via Facebook

0 Comments:

Postar um comentário

Publicidade

ParsaGeeks

Instagram

© ParsaGeeks - Desbravando Filmes e Séries – Nossos Brindes de Cinema (NBC) Grupo ParsaGeeks