Destaques

Newsletter

sábado, 26 de maio de 2018

Cinema 473# Han Solo: Uma História Star Wars

Antes, estreia do filme no Cine Itaim Paulista, não vou lá desde Jogos Mortais, esta muito simpático, os funcionários sorridentes e atenciosos, nem parece os das redes de cinema dessas populares, exceção ao Caixa Belas Artes (lá são bem cordiais e educados), sessão mega tranquila porque sempre entra um funcionário antes dos trailers que da umas instruções que para bom entendedor... o que calou uns jovens que estavam falando demais antes de começar os trailers e com os pés nos bancos da frentes, ficou todos quietos, fora que tem uma câmera dentro da sala de frente com o público, se eles conseguissem sei lá como abrir uma nova sala e ter filmes legendados, algum tipo de brinde nos combos ou fidelidade com também uns filmes mais cult ai ficaria um cinema que eu iria mais, porque os preços são bons, em cima de um hipermercado para aquela comprinha extra e ambiente bacana.


Han Solo: Uma História Star Wars (Solo: A Star Wars Story)

Vamos ao roteiro do filme: Spin-off da franquia, agora contando a origem de uma dos personagens mais importantes e queridos da franquia, Han Solo, interpretado por Alden Ehrenreich no papel do novato entrando no mundo dos contrabandistas através de Tobis Beckett (Woody Harrelson), também como conheceu Chewbacca , Landon (Donald Glover) e seu primeiro contato com a Millenium Falcon, além disso sua paixão por Kira (Emilia "Daenerys" Clark) e conhecendo alguém muito poderoso do qual precisaram tomar muito cuidado Dryden Vos (Paul "Visão" Betanny), temos o inicio da jornada de conhecimento e habilidades daquele que anos depois seria o grande aliado de Luke Skywalker na luta contra o Império, filme com direção de Ron Howard (Inferno, Anjos & Demônios, Código da Vinci, No Coração do Mar e muitos outros, tem currículo...), 10º filme da franquia nos cinemas.



Tem histórias que precisam mesmo ser contadas? Confesso que esses Spin-off de Star Wars não me animam,  todo ano um filme da franquia encavalando com a trilogia atual acaba tirando aquela sede de fã, apesar que Rogue One é bem decente e contou uma história importante que só foi deixada no ar em Uma Nova Esperança lá em 1977, mas agora contar a origem como mercenário de Han Solo... era história para contar mesmo? todo mundo ama Han Solo e sofreu com sua morte em O Despertar da Força, mas convenhamos alguém queria mesmo saber da corrida de Kessell, de onde vem o nome Han Solo, seus pais, como conheceu Chewbacca, Landon, o jogo de Sabacc que ele conseguiu a Millenium Falcon? acho totalmente desnecessário, fora que ainda tem mais coisas desnecessárias para contar já que o filme claramente terá continuação (se a bilheteria deixar), ainda vem ai Boba Fett outra coisa que não da para entender a adoração por um personagem insosso que mal tem participação na franquia, assim desgasta a marca Star Wars nos cinemas, só vê que a sensação de Os Últimos Jedi não foi a mesma que O Despertar da Força porque teve um Rogue One na frente, mas repetindo, Rogue One é muito bem resolvido e importante, já Han Solo...
 


Ao terminar de assistir o filme: Trama bem tranquila de assistir, mas sem grandes impactos, não tem um final marcante, todo o andamento do roteiro é baseado em muita ação, como Rogue One foi bem na proposta de guerra, Solo vai bem na proposta ação, mas muito aquém de levar o selo Star Wars, percebe-se que o filme da pausadinhas para entregar Fan Service e responder coisas que ninguém queria saber, agora sobre os personagens... e num é que o tal Alden Enrenreich foi bem, ele não convence como Han Solo de Harrison Ford, mas entrega bem como um personagem pivô dentro de um roteiro de assalto, não atuou mal não e fez boa dobradinha com Chewbacca... de onde vem as partes mais agradáveis do longa, já Emilia Clark acho ela fraca, inclusive em Game of Thrones, sua personagem só me desce na parte final, ai entrega uma camada interessante, quanto ao vilão de Paul Betanny gostei, ele passa a sensação de ser muito perigoso, de restante do elenco, Harrelson carisma total, agora o tal de Donald Glover é muito superestimado, para mim ator de método, só que é moda elogiar ele, em Solo ele foi muito sem graça (sua robô L3 que mostrou algo mais interessante) não apresentou nada demais e fica ali fazendo tipinho, do mesmo jeito que ele atua em outros filmes e séries, voltando ao roteiro, ele vai ali de forma simples e rasa entregando sua história para entreter e apostando no service que hora funciona e hora não, mas também no humor e na boa interação do Solo com Chewbacca, o filme tenta dar uma virada no final que achei muito sem graça, além disso até consegue passar um pouco da mensagem que ninguém ali pode confiar em ninguém, no geral é esforçado, mas para levar o selo Star Wars precisa de mais, até porque na parte técnica deixa a desejar em ambientação e design (muitas partes escuras demais), mas verdade seja dita, achei que seria um desastre, mas não foi, o Alden foi surpreendentemente muito bem, me convenceu como alguém importante na trama, mesmo não comprando que aquele é o Han Solo da trilogia original e Despertar da Força, no mais, uma história que ninguém queria saber e foi contada de uma forma bem ok para agradar os fãs e com uma ação até frenética só que sem muito conteúdo, mais para entreter quem só quer vê o tempo passar de forma agradável assistindo muitos tiros e explosões, ah e faltou explorar melhor a Millenium Falcon, quem sabe na continuação porque esta tudo aberto, mas já vimos muitos longas deixarem trama aberta no final e por baixa bilheteria e criticas pesadas acabar ficando na gaveta, nada define melhor  Han Solo: Uma História Star Wars que um filme com uma história que ninguém queria saber, mas já que contou... explica direitinho, até demais,  dificilmente  conseguiria ser mais do que foi (até porque teve troca na direção quase finalizando as gravações, muitas coisas foram refeitas, pois os antigos diretores foram demitidos por terem deixado o filme com humor exagerado), pelo menos não foi ruim como pensei que seria, da para assistir, bonzinho.

Assistido em: Cine Itaim Paulista
Data: 24/05/2018
Roteiro:2/5
Atuações:4/5
Direção:3/5
Edição e Mixagem de Som: 4/5
Montagem:3/5
Design de Produção: 2/5
Fotografia: 2/5
Trilha Sonora: 3/5
Efeitos Visuais: 3/5
Diversão: 3/5
Filme média nota 2,9/5 (Bonzinho)


Acessem o canal ParsaGeeks no YouTube


Nos Siga também no Facebook/Instagram/Twitter

https://www.youtube.com/channel/UChJJDLVik7gCCMVZrLcGb4whttps://www.facebook.com/parsageekshttps://www.instagram.com/parsageeks/https://twitter.com/ParsaGeeks
       ____________________________________________________________________

   ____________________________________________________________________
 dúvidas, sugestões e indicações: blogparsageeks@gmail.com

Comentários via Facebook

0 Comments:

Postar um comentário

Publicidade

ParsaGeeks

Instagram

© ParsaGeeks - Desbravando Filmes e Séries – Nossos Brindes de Cinema (NBC) Grupo ParsaGeeks