Destaques

Newsletter

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Cinema 450# Cinquenta Tons de Liberdade

Antes, sessão tranquila no Playarte Marabá, em domingo de Carnaval, primeira vez que vou no Marabá no domingo, aliás a trilogia Cinquenta Tons não tive problema em nenhuma das sessões, pelo menos nisso o filme prestou rs.


Cinquenta Tons de Liberdade (Fifty Shades Freed)

Vamos ao roteiro do filme: Agora Christian Grey (Jamie Dornan) e Anastasia (Dakota Johnsson) se casaram, Anastasia vai tentar mudar a cabeça do Sr Grey ao mesmo tempo desfrutar da fortuna e prazeres que o ricaço lhe dá, além disso um inimigo irá cerca-los e atrapalhar a romântica vida deles, fechando a trilogia baseada nos livros da autoria E.L.James (II), novamente com direção de James Foley, uma produção Universal Pictures.



Ao terminar de assistir o filme: Já falei na critica dos filmes anteriores, respeito os fãs da franquia, quem gosta dos livros e tal, mas pessoalmente não dá, fan fiction forçada, as falas são desastrosas, erros de continuações de cenas, diálogos batidos e sem sentido, aliás eles mencionam personagens dos longas anteriores sem um flashback ou lembrança rápida para que você recorde de quem estão falando ou quem não assistiu os anteriores boiar na história, lamentável, a motivação do vilão é bem vaga, a história alterna com Anastasia tentando mudar o ricaço ao mesmo tempo que gostando e desfrutando da boa vida de milionária, tudo isso entre varias cenas de sexos sem graça, nem para isso o filme presta, deixa coisas no ar que não resolve, aliás o Christian se mostra um belo mal exemplo de como se deve comportar como homem em atitudes, aliás seu "poder" financeiro é tão forçado que não convence nem como ficção, só na mente da autora mesmo, trazendo conceitos distorcidos dentro de um roteiro porco e feito a base de delírios da escritora fã de Crepúsculo (para quem ainda não sabe, os livros é um Fan Fiction dessa outra grande obra literária e cinematográfica de vampiros que brilham no sol), engraçado que tudo eles fazem sexo, só que lá para o terço final acontece algo e eles não fazem mais, passando como se aquela situação da Anastasia fosse um problema, para não dizer que é 100% ruim, o longa tem visual estiloso, trilha sonora boa e Dakota Johnson faz o que pode no que foi oferecido (ao contrário de Jamie Dornan um péssimo ator), a história tem duas cenas ridículas que comecei a rir de vergonha alheia e um final feijão com arroz estilo Jogos Vorazes (cenas parecidas), se o primeiro tinha até graça pela quantidade de bobeiras faladas, o segundo não fedia nem cheirava porque não acontece nada, esse terceiro fecha de forma errada em mensagem, atitudes e erros técnicos, ainda bem que a franquia se encerrou, não valeu a pena, ruim.


Assistido em: Playarte Marabá
Data: 12/02/2018
Filme nota 1/5 (Ruim)


Acessem o canal ParsaGeeks no YouTube


Nos Siga também no Facebook/Instagram/Twitter

https://www.youtube.com/channel/UChJJDLVik7gCCMVZrLcGb4whttps://www.facebook.com/parsageekshttps://www.instagram.com/parsageeks/https://twitter.com/ParsaGeeks
       ____________________________________________________________________

   ____________________________________________________________________
 dúvidas, sugestões e indicações: blogparsageeks@gmail.com

Comentários via Facebook

0 Comments:

Postar um comentário

Publicidade

ParsaGeeks

Instagram

© ParsaGeeks - Desbravando Filmes e Séries – Nossos Brindes de Cinema (NBC) Grupo ParsaGeeks